Aventureiros da raya seguem os trilhos dos contrabandistas de Campo Maior

Uma curta metragem cujas personagens são as crianças do CEAN, não é novidade. Novidade é sim que o tema seja o contrabando, atividade típica de Campo Maior nos anos 30 do século passado. Percorrer as memórias das nossas gentes, foi a tarefa das crianças e suas famílias. Com adaptação do texto original de Carlos Pepê para uma curta metragem  e a dedicação de todos os intervenientes do clube procuramos um filme final que dignifique as nossas gentes e Campo Maior. 
Obrigado a todos os campomaiorenses que muito têm contribuído com as suas histórias de vida ! 








Mensagens populares