Reciclar para a sustentabilidade na reta final!

As ações e investigação no âmbito do nosso projeto Brigada Verde estão perto do fim!
Muita intervenção na comunidade e muitas sugestões de reinvestimento por parte da VALNOR que iremos apresentar à referida empresa de tratamento de resíduos que gere os resíduos do Norte Alentejano. Ouvimos pessoas da comunidade, responsáveis de ONGA locais como o GEDA, responsáveis políticos e crianças e jovens, distribuímos mais de 60 eco pontos pelos entrevistados, que connosco colaboraram, sensibilizámos as 150 crianças do CEAN para a reciclagem com actividades criativas, estudámos a cadeia de valor dos resíduos separados pelos cidadãos de Campo Maior, bem como os valores em toneladas por mês e por ano e comparámos os mesmos com os de outros Concelhos do Norte Alentejano. Observámos as contribuições financeiras de diversos intervenientes desde o cidadão comum que paga 2 euros na sua fatura da água mensal como taxa de tratamento de resíduos, a autarquia que paga mensalmente as toneladas de resíduos com depósito em aterro sanitário e ainda as nossas empresas que pagam valores elevados para poderem tratar os seus resíduos. Descobrimos opiniões diversas e todas elas apontam a necessidade da VALNOR em repor nos Concelhos onde presta serviços (com base na separação voluntária de resíduos pelos cidadãos) de verbas para apoio a projetos de intervenção ambiental, requalificação de espaços públicos e apoio social. Propostas como financiar a criação de zonas de lazer no Xêvora e no Caia, parques infantis e de merendas, financiar projetos de conservação da natureza e outros com base na relação per capita entre concelhos na distribuição/ retorno. As pessoas inquiridas referem que não conhecem retorno da valnor pelo seu trabalho voluntário ao reciclar e muitas afirmam não reciclar devido a este facto. Referem que o dia que sintam o apoio da VALNOR no Concelho em projetos ambientais ou sociais será mais justo e os lucros serão distribuídos por todos os intervenientes. Reciclar e tratar convenientemente os resíduos é uma tarefa reconhecida pela comunidade mas apontam sempre os benefícios financeiros da VALNOR n cadeia de venda de resíduos para reciclagem.
Pensamos hoje, que valeu muito a pena investir tempo e recursos nesta investigação pois mostra o caminho para um sistema mais justo e sustentável. Outros Concelhos de Portugal, com outras empresas já desenvolvem projetos de sustentabilidade na comunidade e pensamos ser urgente promover esta discusão mais alargada na comunidade do Norte Alentejano. 

Obrigado ao programa eco escola por ter acreditado neste projeto "reciclar para a sustentabilidade" e aos parceiros pela colaboração.

























Mensagens populares